EXCLUSIVO: blight – blackymonster

É com grande prazer que apresento a vocês um dos melhores médicos atualmente no cenário americano:  blackymonster. O mesmo vem atuando pelo time  Blight Gaming, e este considerado top 1 nos campeonatos da  ESEA – Divisão Invite. Quem vem acompanhando o cenário o conhece bem. Foram feitas uma seleção de perguntas por minha parte, e também concedido o espaço a comunidade. Querem saber mais ? Cliquem aqui!

Antes de continuar, gostaria de deixar meus agradecimentos ao jogador  brazilianPOWAH, pelo mesmo ter facilitado o contato com o entrevistado. Sem mais delongas, seguem as perguntas abaixo:

Olá Randy! Primeiramente gostariamos de agradecer pela oportunidade de você conceder esta entrevista ao DailyBonk! De começo, gostariamos de saber como você começou no TF2? Quais games você jogou antes e quais times de TF2 você participou antes de estar no Blight Gaming?

blackymonster: Primeiramente, obrigado pelo tempo para esta entrevista. Eu comecei no TF2 assim que o jogo foi lançado. Eu estava jogando outros jogos de FPS antes e pensei “porque não este?”. Assim que comecei a jogar, percebi que ia gostar muito do game, e tenho jogado ele a mais ou menos 3 anos (parando e voltando). Antes do TF2, eu joguei Urban Terror, cujo jogo é do estilo FPS misturando o Counter-Strike com o Quake. Era muito divertido, e joguei este por 9 anos com alguns velhos amigos. Eu também joguei Call of Duty 4, quando era muito popular em sua época competitiva. E antes de entrar no Blight Gaming, participei de diversos times, incluindo o “Area 51” , “Push Gaming” e “Virgin Police.

Bom, agora diga-nos, de onde vem o seu nick “BlackyMonster” ? Você utilizava outro nick antes deste?

blackymonster: Bom, basicamente a uns anos atrás, eu usava o nick de “BlackRepublican”, devido a uma música que eu gostava na época e bem, tive que mudar né. Então um dia, alguém me chamou de “blacky”, e eventualmente se tornou “blackymonster”. Um dia, eu decidi adicionar isto e realmente eu gostei. Fiquei com esse adicional porque eu sou um “fucking monstaaaaaaaaar” (risos).


Após esse tempo no TF2, gostariamos de saber: O que realmente o marcou como jogador? Você já se emocionou com alguma vitória ou até mesmo um título ingame?

blackymonster: Jogando TF2, a classe sniper realmente elevou o meu nome. Quando sniper era a minha classe principal antes de trocar para medic, eu fui um dos melhores snipers do game. O único problema era que eu não era tão bom scout quanto sniper, então não adiantava muito, mesmo que eu matasse uma certa quantidade de players. Também, eu comecei no TF2 jogando com a galera de maior nível desde o início, e isso me ajudou bastante a crescer. Tenho poucas vitórias na minha carreira no TF2. Eu ganhei a CEVO, com o time Virgin Police, e ganhei a ESEA com o Área 51. A última temporada da ESEA – Divisão Invite, também ganhei, e dessa vez com o Blight Gaming.


Você conhece jogadoras que joguem TF2 ? Se sim, você acha que a comunidade feminina pode crescer assim como a masculina? Comente sobre.

blackymonster: Sim, eu conheço algumas jogadoras que joguem TF2. Acredito que é possível as meninas continuarem jogando e entrarem nos campeonatos e nas ligas normalmente, assim como os homens. Entretanto, eu não conheço jogadoras que tenham o mesmo nível de jogadores homens, porém, sim, eu acredito que a comunidade pode crescer.


Como você enxerga o cenário competitivo de TF2 daqui a 2 anos?

blackymonster: Em 2 anos, o cenário competitivo de TF2 com certeza estará maior que hoje agora. O jogo é um tanto novo, comparado com o Counter-Strike e w0w por exemplo, ainda não conquistou o espaço necessário para se tornar um grande game. O jogo em si já é bem “amigável” / “simpático”, e muito fácil de começar a jogar e aprender todos os aspectos do jogo. Eu vejo o cenário crescendo em grande escala nos próximos anos, e mais e mais pessoas jogando com certeza.

O que você e a comunidade norte-americana acha sobre grandes eventos como ESWC / WCG terem por exemplo, o jogo CAROM 3D, e não terem o TF2? Está faltando algo para o TF2 entrar nesses eventos?

blackymonster: Aqui está mais um exemplo de que o TF2 não é exibido nem exposto da forma que deveria ser para ser tornar um grande jogo. Esses grandes eventos não enxergam o TF2 como um jogo que muitas pessoas seguem / gostam, por isso eles não o tem. TF2 necessita de muito suporte das Organizções Multi-Gamings, para ajudar-lo a crescer, expandir e se tornar bem conhecido.

A comunidade brasileira gostaria de saber: É possível viver somente do E-Sports, como por exemplo, o TF2? Sabemos que é um jogo relativamente novo, diferente por exemplo, do Counter-Strike.

blackymonster: Bom, o objetivo é expor o TF2, e fazer-lo tão popular quanto outros games, assim como o CS. Óbvio que é um jogo totalmente diferente do CS, mas eu acho que é um jogo um tanto mais amigável e divertido de se jogar. Sim, acredito que seria possível sim viver do E-Sports pelo TF2, mas não agora. Antes, precisa crescer e se tornar algo realmente “grande”.

O que você achou de jogar com brasileiros na equipe do “semXorah” ? Como era naquele tempo? Você tem alguma opinião formada com relação a comunidade brasileira? E você acha que naquela época, o time “semXorah” tinha algum futuro?

blackymonster: Meu tempo jogando com o “semXorah” foi uma ótima experiência. Encontrei alguns dos caras antes em pug.na jogando alguns pickups na America. Um deles me perguntou se eu não queria jogar com eles, pois estavam precisando de medic. Na hora eu aceitei e decidi apostar. Nós jogavamos em servidores americanos, então o ping para mim não era problema, diferente do resto do time que tinha em torno de 200. Este fator atrapalhava alguns treinos que poderiam terem sido melhores, na verdade até ganhamos a maioria deles, e ficamos bem próximos do nível de times da Divisão Invite. Eu estava impressionado com a habilidade deles, faltava apenas um bom trabalho em equipe, e nisso eu pude ajudar, ensinando a eles algumas das coisas que faziamos aqui na America. Toda a galera era gente fina, e falavam bem engraçado. Mesmo que eles falassem português, eu era capaz de entender boa parte, devido a ter feito 6 anos de espanhol na escola. Eles também praticavam e falavam o inglês sempre que podia nos treinos, e isso me facilitava mais ainda a comunicação. Acredito que se eles tivessem mantido a line-up original quando eu estava com eles, eles teriam mais chances de se tornarem o melhor time do Brasil, porém, o time acabou, alguns partiram para outros clans… Enfim, é uma pena. De qualquer forma, foi muito bom conhecer-los e eu adorei jogar com eles!

Como foi a sua entrada em um dos melhores times de TF2 dos USA como medic? Como sabemos, você não jogava de médico antes.

blackymonster: É verdade, eu nunca tinha jogado de medic antes em times competitivos, mas eu já vinha jogando esta classe em mix, pugs e pickups antes, então não me senti tão estranho jogando com ela(classe). Eu já vinha jogando esse jogo competitivamente desde o início, então eu sabia como era o game e o que fazer em cada classe. Quando eu fui chamado para ser medic do time que eles estavam fazendo na época,  eu disse “claro, com certeza”, já que eu era amigo da maioria deles. Porém, a transição para médic não foi uma das coisas mais fáceis a se fazer, porque eu estava acostumado a jogar de sniper. Me tomou um pouco de tempo para me acostumar, já que você praticamente não mata ninguém, você passa a ver o jogo de uma forma totalmente diferente.


Como são os treinos com o seu time, e que dicas / conselhos você daria para times menores para melhorarem seu teamplay?

blackymonster: Nós treinamos praticamente todas as noites, exceto nos finais de semana, que jogamos 2-3 horas a noite, dependendo de como está o time e como todos estão se sentindo. Também treinamos somente com times da Divisão Invite, e trabalhamos nossa estratégias em cima dos mapas que aparecem. O que eu recomendo para os times menores melhorarem seu trabalho em equipe é: Não deixem um treino ou uma partida estúpida e perdida acabarem com seu time. Você não vai melhorar nem ser o melhor do dia pra noite. Deixe a química fluir naturalmente com seus companheiros e não tire conclusões precipitadas. Mantenha-se treinando sempre contra times melhores, e trabalhe em equipe para alcançarem o objetivo.

Com a sua experência com jogadores/times brasileiros, em qual divisão eles estariam jogando, se eles jogasse campeonatos como CEVO ou ESEA ?

blackymonster: Hum… É uma pergunta um tanto difícil, até porque não joguei com muitos jogadores / times brasileiros. Mas acredito que a maioria dos times bons estariam na divisão IM (Como central aqui no Brasil), cuja mesma está abaixo da Invite. Acredito que 1 ou 2 times teriam condições de estarem na Invite, se eles realmente jogarem bem.

Falando sobre “falhas”, a comunidade gostaria de saber o que aconteceu contigo no jogo x coL, aonde você perdeu 3 ubers contra o coL.snake de “Eyelander”. Quais são as razões para um medico perder um uber nas partidas?

blackymonster: Bom, para ser sincero, eu perdi somente 1 uber para o Solid Snake com “Eyelander”. Basicamente o “Targe and Charge” é ridículo, porque tem um script que as pessoas usam que permitem virar o mouse para qualquer direção, quando você quer. Então, os demomans usariam o Charging nos cantos, e você não os veria, a não ser morto, basicamente foi isso que me fez perder o uber contra ele. Sobre um medic perder o uber, existem algumas coisas quem influenciam para isso. Uma pode ser que o medic realmente não esteja vendo o que está matando ele, e morre sem saber de onde, sem comunicação. Outras vezes, você mesmo comete o erro em pensar que pode segurar o uber + do que deveria. O último motivo para perder um uber, seria você morrer para traps, devido ao seu time não ter comunicado, e isto de fato não é sua culpa, já que seus companheiros devem avançar e comunicar.

Agora falando sobre os jogadores do blight, diga-me, como foi a entrada do jogador “brazilianPOWAH” na equipe? Ambos jogaram juntos na equipe “semXorah”, correto? Como ocorreu tudo?

blackymonster: Bom… brazilianPOWAH ( pieeeeeeeee <3) é um grande amigo meu, e conversavamos muito, então eu pedi para ele se juntar a nós quando estavamos no Mumble, até porque ele gostava de assistir os nossos jogos e jogava junto sempre que podia. Então ele começou a conversar com o restante da equipe, e todos concordaram que ele era gente fina, além de jogar bem com 200 de ping. Eventualmente agora é integrante da equipe como backup medic/jogador, em caso de eu ou qualquer outro não poder por qualquer problema que seja, e ele integrar este espaço.

E com relação aos outros jogadores, há quanto tempo vocês jogam juntos? Já jogou com eles em outras equipes?

blackymonster: Bom, como eu mencionei antes, eu conhecia a maioria dos outros jogadores, antes de entrar na equipe. Já joguei com eles em outras times, e também em times contra. Todos nós sabiamos que eramos ótimos players, cheios de skill e que jogavam o jogo já a um bom tempo. Não estavamos em boas equipes na época, e decidimos que deveriamos fazer um novo time e ver como as coisas funcionam, e como você pode ver, funcionaram muito bem. No final, fomos considerados um dos melhores dos USA, se não o melhor, após vencermos a última temporada ESEA @Lan. Esta é a nossa 2º temporada juntos, e esperamos levar o título de novo para casa.

 

mesr, smaka, platinum, oplaid, harbleu, blackymonster

 

Como é o relacionamento entre você e seus time? Somente profissional ou vocês estão sempre juntos, zuando e se divertindo no TS/Mumble?

blackymonster: Eu diria que é ótimo. Nos damos bem, adoramos jogar um com o outro. Claro, tem horas que discutimos e argumentamos durante os treinos, mas isso só serve para melhorar o nosso trabalho em equipe. Mesmo que não estamos jogando, estamos juntos no mumble conversando de assunto off-game. Nos encontramos em lan na última temporada, e isso ajudou bastante para nos conhecermos melhor.

Porque o cenário competitivo de fora, o profissionalismo, qualidade e seriedade, parecem ser bem maiores? Você acha que os investimentos das grandes empresas e os patrocínios influenciam nisso?

blackymonster: Acho que as organizções multi-gamings representam um papel importante nisso. Eles querem que você represente o nome deles, então eles querem que você aja profissionalmente enquanto isso. Até porque, eles estão patrocinando o seu time para irem aos eventos, nada mais justo do que mostrar respeito e qualidade, que eles esperam em você.

Perguntas off-game:

Melhor viagem: Caribe
Esporte: Volley e Rugby
Time de futebol: Manchester United e USA
Bebida: Coca-cola
Comida: Italiana, depois chinesa
Filme: The Hangover, Shawshank, e a série dos Jogos Mortais
Deus: Minha vida

Obrigado Randy pelo tempo disponível! Em nome do DailyBonk!, desejamos a você sorte em sua vida e para o blight nas próximas competições. Que você ganhe muitos títulos em sua carreira. Gostaria de deixar algum recado?

blackymonster: HORA DO RANDYYYYYYYYY! OH YEAH ON THE JACUZZI MAN! Mas, sim desejo tudo de bom para minha equipe, que se Deus quiser, vamos ganhar mais essa temporada. Também gostaria de deixar um abraço para meus amigos do Brasil s2. E um agradecimento especial ao DailyBonk! pelo tempo para esta entrevista!

Anúncios

Publicado em 27/10/2010, em Entrevistas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 18 Comentários.

  1. boa temu, uma das melhores (se nao a melhor) entrevistas ja feita!!

  2. Linda temuja!

    O blacky disse uma coisa muito importante…

    “Não deixem um treino ou uma partida estúpida e perdida acabarem com seu time. Você não vai melhorar nem ser o melhor do dia pra noite. Deixe a química fluir naturalmente com seus companheiros e não tire conclusões precipitadas.”

    pessoal aqui acha que se seu time nao ganhar um jogo é pq nunca vão ganhar e miam…

  3. Parabens temuja!

    To esperando dem0 x brpowah no temujin entrevista eim

  4. brazilianPOWAH

    smaka e seu hatless engie na vida real :p

  5. comofas pra jogar 6×6 com 200 de ping?

  6. Achei 2 erros no texto, da uma conferida temujin.

    De reto da excelente, parabéns :}

  7. Ótimo entrevista Temuja.

  8. Muito boa a entrevista…

    Conheço o blackmonster do Urban Terror, ele integrou o 51 , blight, GlaD e agora o b6. Tem tudu para ter uma carreira fantastica como teve no Urban, sendo sempre um player insubstituivel em seus times. E como no TF2 no Urban ele faz função de medic tbm.

  9. Muy linda entrevista

  10. Boa entrevista =)
    Queria saber a premiação do campeonato que eles ganharam.

  11. “Deus: Minha vida”
    Que coisa linda de se dizer. 🙂

  12. Muito interessante =D

  13. Excelente entrevista, que venham mais. 🙂

    • temujin1337

      Consegui postar pelo site do steampowered.com na comunidade do DailyBonk! Espero que o pessoal goste 😛

      valeu ricci!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: